Sec Turismo

Calendário de eventos


Festas Religiosas


Festa de Reis
Data: Segundo domingo de janeiro.
Descritivo: Evento religioso que se realiza à quase 100 anos no pátio da Matriz e ruas próximas. São três dias de festa, com a saída da procissão acompanhada por bandas de música e cortejo pela cidade, logo após a missa campal, no domingo. A parte profana da festa conta com apresentação de shows, parque de diversões e barracas de comidas e bebidas típicas no pátio de eventos Chucre Mussa Zarzar. A Prefeitura de Gravatá, o comércio local e a Igreja de Sant’Ana são os organizadores e realizadores desta festa.
Histórico: Surgiu diante da religiosidade do povo católico do município.


Festa de São José
Data: Março
Local: Terreno do Banco, na Capela de São José e Distrito de Mandacarú.
Promotores: Paróquia e comunidade.
Descritivo: Festa religiosa em homenagem a São José, santo das chuvas.


Caminhada de Frei Damião
Data: 31 de maio.
Local: Riacho do Mel.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo: Caminhada que parte do centro da cidade conduzindo os devotos de Frei Damião até a capela onde ele celebrou a 1ª Missa no Brasil, a Capela de São Miguel. O percurso é longo e todos cantam balançando suas lanternas até a capela onde é realizada a missa.


Noites Marianas

Data: Móvel (maio).
Local: Igreja Matriz de Sant’Ana.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo: São nove noites de alegria e devoção à Nossa Senhora, coordenadas pelo Apostolado da Oração.


Festa de Nossa Senhora Auxiliadora

Data: 24 de maio.
Local: Bairro Nossa Senhora Auxiliadora.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo:


Festa do Divino Espírito Santo

Data: Maio
Local: Uruçu-Mirim.
Promotores: Paróquia e comunidade.
Descritivo: Festa religiosa com cultos e louvores.


Festa do Sagrado Coração de Jesus

Data: Junho
Local: Cohab II.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo: Festa Religiosa.


Festa da Padroeira Senhora Sant’Ana

Data: 26 de julho.
Local: Igreja Matriz de Sant’Ana.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo: Os fiéis se reúnem na Matriz de Sant’Ana e seguem em procissão pelas ruas da cidade rezando e cantando em louvor a Nossa Senhora Sant’Ana e São Joaquim. Á noite a festa é feita nos clubes, bares e restaurantes da cidade.


Festa de São Cristóvão

Data: Julho
Local: Serra das Russas.
Promotores: Caminhoneiros.
Descritivo: Carreata partindo do centro da cidade até a Serra das Ruças, onde acontecem a missa e os shows.


Festa de Cristo Rei

Data: 23 de novembro.
Local: Mirante do Cruzeiro, na Capela de Cristo Rei.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.


Festa de Nossa Senhora das Graças

Data: 27 de Novembro
Local: Bairro Nossa Senhora das Graças.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.


Festa de Santa Luzia

Data: 13 de dezembro.
Local: Rua do Norte, na Capela de Santa Luzia
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.


Natal


Data: 24 e 25 de dezembro.
Local: Igreja Matriz.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo: Celebração da ‘Missa do Galo’.


Ano Novo


Data: 31 de dezembro.
Local: Igreja Matriz.
Promotores: Paróquia de Sant’Ana.
Descritivo: Celebração da ‘Missa da Paz’.


SÃO JOÃO


Gravatá é Santo Antônio, São João e São Pedro
Três pólos de animação e um arraial itinerante garantem a animação na cidade
Em junho, quando todas as cidades do Nordeste realizam as festas de Santo Antônio, São João e São Pedro, Gravatá é um dos destinos turísticos mais procurados da região. A cidade dispõe de uma completa e organizada infra-estrutura de hospedagem, palcos e pistas de Forró. Recebe cerca de 1 milhão de visitantes nos dias de festas, repletas de shows de grandes nomes da música brasileira, trios de Forró Pé-de-Serra, queimas de fogos e fogueiras e muita comida típica, como o bolo de milho, o pé-de-moleque, a pamonha e a canjica.

Dois grandes pólos de animação, no Centro da cidade, e um Pólo Cultural do Cruzeiro, no Alto do Cruzeiro, defronte ao Grupo de Apoio aos Meninos e Meninas de Rua compõem da estrutura das festas. Arraiais também são armados nos bairros e distritos, onde ocorrem as apresentações das quadrilhas matutas e arrasta-pé ao som de trios musicais compostos de tocadores de zabumba, sanfona e triângulo. No Centro ocorrem as grandes concentrações humanas, no Pátio de Eventos Chucre Mussa Zazar e no Pólo Dançando o Nordeste, ambos na Avenida Joaquim Didier.

No Pátio dois grandes palcos, para apresentação de shows, como o cantor Leonardo, Banda Calipso, Calcinha Preta e Cavaleiros do Forró. Na outra extremidade da Avenida Joaquim Didier, um haras cenográfico, com comidas e bebidas, e dois palcos e duas pistas de dança, onde tocam os trios de Forró Pé-de-Serra e os casais de forrozeiros mostraram a beleza da dança mais tradicional do Nordeste.
Nas ruas e avenidas o colorido dos balões fabricados na cidade, em madeira e plástico e afixados em postes e marquises. Enfeites de palha, papel, tecidos e fitas coloridas completam a ornamentação da cidade. Nos condomínios, os turistas invernistas, que possuem casas em Gravatá e residem em outras cidades, como Recife e Maceió, realizaram os arraiais particulares, com quadrilhas juninas, comidas típicas da região e queimas de fogos e fogueiras que clareiam as noites frias. Uma festa que reúne as famílias na mais tradicional manifestação da cultura nordestina.


Festival Cultural e Feira de Negócios

Setembro reúne grandes atrações em Gravatá

Em setembro a cidade de Gravatá concentra inúmeras atrações turísticas, culturais e empresariais. É nesse mês, que inaugura o verão nordestino, que a cidade serrana realiza o Festival Cultural e Feira de Negócios de Gravatá, trazendo inúmeras atrações para os moradores e visitantes. É uma das feiras mais tradicionais e populares da cidade, tendo sendo iniciada como Festa do Morango.
Dentro da programação da Feira de Negócios um conjunto de expositores que apresentam o melhor do que é produzido na cidade. São flores temperadas, móveis rústicos, agricultura orgânica, apicultura, artesanato, gastronomia, tortas e licores à base de morango e abacaxi, música, livros, arte e cultura da região.
Durante o evento são montados stands num total de 2 mil metros quadrados, sendo alguns climatizados, para exposição e venda de produtos, realização de palestras e oficinas que ensinam, por exemplo, como elaborar remédios a partir das plantas medicinais, confecção de sobremesas e drinks à base de morango e abacaxi, arranjos florais, artesanato, bonsai. E oficinas técnicas voltadas para o empresariado, com consultores e técnicos trazidos pelo Sebrae.
A estas atrações a Prefeitura de Gravatá soma as apresentações culturais nos três palcos e pelos corredores montados ao longo da Feira. O Festival de Violeiros passa por todos os distritos de Gravatá até chegar ao Festival Cultural, com duelos de cantadores de toda a região agreste. A capoeira do Grupo N’Golo realiza um Encontro Nacional, reunindo mestres de Brasília, Minas Gerais e outros Estados, além dos representantes radicados em Gravatá. Em outro palco se apresentam bandas e cantores de todos os cantos do Norte e Nordeste.

Vários eventos são realizados paralelos à Feira de Negócios e Festival Cultural de Gravatá, como as Caminhada da Natureza de Pernambuco, com participação de vários ONG’s ligadas ao meio-ambiente, e Passeio Ciclístico de Gravatá, que percorre 20 quilômetros de trilhas na zona rural da cidade. Os passeios levam os visitantes a conhecerem belezas naturais como o balneário de Dona Nadir, plantações de flores e cultivos de orgânicos. A Feira de Negócios e Festival Cultural de Gravatá recebe todos os anos um público de quase 100 mil visitantes por dia, aquecendo todos os setores produtivos do município.